close

Olá, brothers, tudo de boa? Então vamos a mais uma matéria sobre PES 2018!

E aí, como foi o fim de semana de vocês? O meu foi de muito PES 2018, pois a patroa viajou e ficamos sozinhos eu, o PES e as cervejas geladas. Já para o Gerente Global de PES, Adam Bhatti, os últimos dias parecer ser de muita reflexão, devido à mudança para o Japão.

A chegada

Parece que, só agora que chegou, Bhatti vem tendo a real dimensão do que essa mudança significa para ele e para a franquia:

“A Konami é, realmente, um cachoro grande aqui no Japão. O prédio do quartel general aqui em Roppongi é épico”, disse ele.

“Primeira noite em Tóquio como morador. Minha residência temporária é fantástica, só descer a rua e chegar em Roppongi”, completou um vislumbrado Adam.

Adam diz que o PES 2018 não está “morto” e, segundo ele mesmo, “Estou aqui para melhorar o futuro, não defender o que nós temos. PES 2018 está indo muito bem, mas nós devemos sempre ouvir nossos fãs”. Posto isso, podemos entender que ele ainda trabalha no PES 2018, e que está focado no pedido dos fãs. Mas, brothers, não tenham dúvida que o PES 2019 já está comendo solto nas oficinas japonesas.

World Challenge a vista?

Como podemos perceber, Bhatti esteve muito ativo no Twitter nesses últimos dias, o que não acontecia há bastante tempo. E, ao responder um fã sobre o que vem por aí com a Copa do Mundo, ele deu a entender que teremos a repetição do World Challenge (DLC genérica da Copa do Mundo):

“Sim, meu amigo, estamos trabalhando em algo bem legal para o início do próximo ano”, cravou Bhatti.

O mesmo fã, dando aquela puxada de saco, diz para Bhatti não soltar a DLC World Challenge de graça, só porque tem gente reclamando do jogo, e ele responde:

Vamos aos fatos, (PES 2018) é o jogo de maior sucesso (da franquia) em anos, mas todos nós precisamos aceitar que, aqueles que estão felizes estão jogando, e aqueles que não estão irão expressar sua indignação. Mais pessoas alcançadas, mais pessoas felizes ou infelizes, esse é o caminho. Mas nós continuaremos melhorando!”, disse Bhatti.

Bem, quanto à cobrança da DlC, em 2014 ela custou R$ 10,00. Para mim, ela deveria ser cobrada sim mas, aqui no Brasil, ela deveria ser gratuita a fim de compensar os fãs Brasileiros pela cagada com os times do Brasileirão. Seria uma boa, pois faria a base de fãs BR se sentir valorizada.

Motivo para ter se mudado para Tóquio

Continuando com o bate papo com os fãs no Twitter, ao ser questionado se a base de fãs apaixonados que ainda jogam PES pelo passado glorioso seria ouvida, Bhatti disse:

“E eu vou escutá-los. Eu não estou aqui em Tóquio para fazer mais do mesmo, eu estou aqui para ajudar o time a fazer mudanças. Mas isso deverá ser feito com base na opinião de todos, com escolhas inteligentes, não pessoais”, cravou ele.

Master League

E, como não poderia faltar, Adam foi cobrado por melhorias na Master League, que anda sendo bastante negligenciada pela Konami nos últimos anos. Ao ser cobrado por sinais de uma melhoria futura no modo de jogo, Adam não fugiu:

“Você não ficará desapontado”, disse ele. Adam ainda falou mais sobre a ML:

“Eu respeito todas as opiniões, e quem pede uma melhor experiência com a Liga Master/ Single Player. O que eu não gosto é que digam que eu não respeito”, disse ele.

Quando um fã de ML expressa sua frustração pelo abandono do modo, Bhatti responde: Como um jogador de Master League, eu sinto a sua dor. A ML precisa de muitas melhorias, confie em mim, esse é um grande foco. Contudo, eu não posso prometer uma grande melhoria em 1 ano, mas eu prometo importantes e fundamentais melhorias que claramente mostram nossa preocupação e que temos um plano”.

Hum, acho que é isso que todo fã de PES quer ouvir, mas mais que isso, queremos atitudes. Nas próprias palavras dele, não deveremos esperar uma mudança radical para PES 2019, mas ele já dará sinais do que está por vir. Vamos confiar que isso aconteça de verdade!

Entretanto, Bhatti não deixou de dizer que o myClub é o mais jogado e que tem o maior número de pedidos dos fãs:

“Eu sei da sua frustração e sou muito grato pelo seu apoio contínuo. o myClub é o modo de jogo mais popular, e segue sendo o que mais recebe pedido de mudanças, mas nosso comprometimento para os próximos anos é criar um pacote completo em todos os modos de jogo”, disse ele. Como eu disse pro próprio Adam, o myClub é o mais jogador por dois motivos: 1) os fãs de ML foram para o FIFA; 2) o myClub foi empurrado goela abaixo de todos.

E Bhatti ainda fala do sentimento de abandono dos fãs da série, que acompanham a franquia desde os anos 90:

“Esse sentimento é o que precisamos erradicar o mais rápido possível. N´so temos tanto a fazer, e é por isso que estou aqui. Como eu mencionei, eu não deixei a minha família para que as coisas fiquem na mesma. Nós queremos fazer algumas grandes mudanças para evoluirmos”, disse o Gerente Global de PES.

E aí, brothers, será que podemos ter esperança no futuro da franquia? Eu estou mais cético do que em anos anteriores, mas tenho que confessar que essa mudança do Adam está despertando algo diferente dentro de mim, um aumento na esperança de que dias melhores virão para a franquia. Torço, do fundo do meu coração, para que ele tenha muito sucesso nessa nova empreitada e possa deixar a nós, fãs de PES, muito felizes.

Comentem bastante.

Um abraço a todos e #OCampo é nosso!

Ahhh, e não se esqueçam de nos seguir no Twitter @WebrothersTeam!!!!!!!!!!! Estamos lá o dia inteiro e damos as notícias em tempo real!!!!!!!!!!!

>>>> LANÇADA A V3 DO OPTION FILE DO VINNYEXTREME PARA PES 2018 PS4!!!!!!!!!!!!!!!!<<<<<

COMPRE SEUS JOGOS EM MÍDIA DIGITAL COM O RAUL!!!!!!!!!!

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!

DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!

NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!

Tags : Adam BhattiDestaqueMaster LeaguemyClubpes 2018pes 2019Pro Evolution Soccerpro evolution soccer 2018pro evolution soccer 2019Winning Eleven
Edu Suliano

The author Edu Suliano