close

Olá brother, aqui quem fala é o Dan e hoje eu tenho uma notícia (na realidade uma declaração) que não é ligada diretamente ao PES, mas certamente pode o atingir de uma forma ou de outra nossa amada franquia, não só ele mas creio que o mercado de games que são lançados anualmente.

Nesta quarta-feira (08) o CEO da EA, Andrew Wilson, em entrevista à Bloomberg veio a declarar que FIFA, Madden e NHL podem deixar de ser lançados anualmente. O Seo declarou que:

“Talvez não precisemos fazer um lançamento anual. Podemos pensar nesses games (simuladores) como um serviço constante, 365 dias por ano.”

Em resumo, a EA pensa em criar um sistema de assinatura para seus jogadores pago mensalmente, semelhante a netflix ou spotify, onde os mesmos geram uma receita constante as suas respectivas empresas, porém o Ceo não entrou em maiores detalhes sobre qualquer mudança ou anuncio a curto prazo.

E então, o que nós jogadores de PES temos haver com isso?

Micro Transações

A resposta é simples, isso certamente irá gerar grandes impactos na indústria, pelo menos no cenário atual causaria, principalmente porque a Konami com o PES não “domina” a questão das micros transações tão bem quanto a EA e Fifa.

Na minha visão não seria necessário a EA cobrar assinatura, devido a esse lucro absurdo que ela tem com micro transações, inclusive o lucro é maior com micro transações do que com o próprio lançamento do jogo mesmo que elas sejam “opcionais”, ou seja, isso sendo chato ou não, são elas que mantém o jogo “vivo” para uma empresa e dessa maneira fazendo ela manter o seu lucro, enquanto atualizações constantes mantem o jogo vivo para a comunidade.

Resistência a Mudança

A comunidade, seja de PES ou de Fifa está acostumada a lançamentos anuais, e levando em conta que o ser humano não gosta muito de mudança, isso pode gerar um grande estranhamento logo de início na comunidade, outra coisa é que Fifa tem uma jogabilidade muito padronizada a anos e praticamente só fazia lançamento mascarado e talvez isso aumente até a credibilidade, sendo assim, isso pode ser apenas um golpe estratégico e uma visão a frente do Ceo.

Sem Atualização na Jogabilidade

Antes do lançamento de PES 2018, o gerente global da franquia (Adam Batthi) veio a declarar que a Pes Team trabalhou durante 3 anos na jogabilidade do PES 2018, justamente para manter essa jogabilidade por no mínimo 3 anos, pois dessa maneira dará mais abertura ao foco a mais conteúdos imersivos no jogo, extracampo, milhares de animações novas e etc, e vejo isso como um caminho natural dos jogos que tentam fortalece seu cenário competitivo.

Cenário Competitivo

Os jogos que almejam visar um cenário competitivo de e-sports forte não alteram sua jogabilidade constantemente, só observamos o que ocorre com os maiores jogos do cenário de e-sports como eu citei nesse post:

O Que PES Pode Aprender Com CS E LoL

É inegável o crescimento do segmento e para uma franquia se manter forte nele, tem que haver adaptações, se não se torna “insustentável” dependendo do tipo de micro transações que forem feitas nele principalmente.

E você brother? O que acha que pode mudar no cenário após essa mudanças realmente acontecerem? Acha que o PES pode aderir a isso, ou por exemplo, a uma pouca mudança em sua jogabilidade? Me diga aqui nos comentários! e até o próximo post 😉

SAIUUUUUUUUUUUU A V1 DO OPTION FILE DO VINNYEXTREME PARA PES 2018 PS4!!!!!!!!!!!!!!!!

COMPRE SEUS JOGOS EM MÍDIA DIGITAL COM O RAUL!!!!!!!!!!

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!

DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!

NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!

Tags : DestaqueKonamiPro Evolution Soccerpro evolution soccer 2018WebrothersWinning Elevenwinning eleven brothers
danGer

The author danGer

Jogador SemiProfissional de PES. Ex Facemaker. Apaixonado por Pro Evolution Soccer desde que se chamava Winning Eleven. Player de PS4