close

Olá, galera, meu nome é José Welliton (PES NOSTALGIA) e hoje falarei do início do modo mais amado e apreciado de Pro Evolution Soccer: a Master League. Não estou exagerando, basta procurar na internet as enquetes realizadas e verá que os fãs preferem esse modo de jogo. E tudo começou em World Soccer Jikkyou Winning Eleven 4!

Quando o jogo foi lançado em 1999, era nítido que a jogabilidade que já era boa ficou ainda melhor. O salto na qualidade gráfica também chamava atenção em relação ao seu antecessor, o Winning Eleven 3, e um novo modo de jogo chamava a atenção e era denominado de “Master League”.

Não tinha como não se encantar com a possibilidade de montar o time dos sonhos, de disputar as partidas para juntar o máximo possível de pontos e adquirir craques para jogar na sua equipe. Entretanto, para chegar a tal feito com uma verba limitada era preciso ser persistente e ganhar o máximo possível dos jogos da competição contra verdadeiras constelações de astros, pois na época os times eram formados por jogadores que hoje são considerados lendas do futebol mundial. Podemos citar exemplos de alguns craques como Ronaldo, Shevchenko, Roberto Carlos, Kanu, Owen, Nedved, Davids, Zidane, Salas, Rivaldo, Crespo, Kahn, Trezeguet e tantos outros.

Os jogadores iniciais, independente do time escolhido, não eram tão habilidosos e isso dificultava, de certa forma, avançar na competição e somar pontos, já que ganhar de equipes renomadas não era uma tarefa fácil. Os níveis de dificuldade eram o Normal e o Difícil (Hard) e a duração de cada partida era de 10 minutos sem a possibilidade de diminuir o tempo.

Trocar (Exchange) jogadores, ou “comprar”, consistia em escolher um jogador de um determinado time, desde que você tivesse pontos suficientes para adquiri-lo, e pagar a diferença do valor (por isso que o termo certo era trocar e não comprar). Caso não encontrasse o craque pretendido nas equipes disponíveis era só recorrer a sua respectiva seleção e lá estava ele pronto para fazer parte do seu time. Tempos memoráveis e inesquecíveis!

Alguns jogadores que a maioria batalhava para ter em sua equipe e suas especialidades: Shevchenko (correu, chutou era gol, além de habilidoso nas cabeçadas), Batistuta (dono de um chute potente), Cafu (lances de bola parada ele sempre resolvia), Totti (o líder), Davids (jogador veloz e incansável, além do charme dos óculos), Nedved (no contra-ataque era fatal), Saviola (grande atacante), Roberto Carlos (por ser muito veloz e ter um chute forte, quem nunca colocou no ataque?), Beckham (meio-campista habilidoso e exímio cobrador de faltas) e Zidane (o maestro, jogador completo).

Para jogar a Master League, era essencial que você tivesse um Memory Card com incríveis 1MB de espaço! Sem ele, salvar o seu time e carregar no bolso se tornava inviável e impossibilitava de disputar os famosos duelos 1×1, ou seja, o seu time contra o meu e que vença o melhor Dream Team!

Por enquanto é só e espero que tenha curtido relembrar os velhos e bons tempos do início da Master League que era bem simples, mas demasiadamente divertida.

Um abraço a todos e não esqueçam,  PES é #OPoderDoFutebol

Ahhh, e não se esqueçam de nos seguir no Twitter @WebrothersTeam!!!!!!!!!!! Estamos lá o dia inteiro e damos as notícias em tempo real!!!!!!!!!!!

Se você quiser compartilhar informações conosco, basta enviar um e-mail para we-brothers@we-brothers.net, ok?

>>>> Lançada a V10, World Cup version, do option file Vinnyextreme PES 2018 PS4!!!!!!!!!!!!!!!!<<<<<

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!

DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!

NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!

 

Tags : DestaqueKonamiLiga MasterMaster LeaguePro Evolution SoccerWinning Eleven
José Welliton

The author José Welliton