PES 2015 e o retorno da paixão

      58 comentários em PES 2015 e o retorno da paixão

International Super Star Soccer x Fifa Soccer (1994) Bons tempos: vinha a sexta-feira, chegava do colégio, ia tocar a campainha dos meus amigos, pegávamos o biscoito, refrigerante e, a jogatina, só acabava no domingo: entre 7 e 9 moleques sujos, sem tomar banho e cheirando a cheetos confinados num quarto jogando ISS no SNES. Durante esse ano me peguei sentindo falta disso. Lógico que, depois de grande, eu e meus amigos nos reunimos pra jogar e tomar umas (muitas) cervejas, mas senti falta dos meus rituais jogando PES. O PES 2014 não foi um jogo de todo ruim, mas foi um jogo com muitos problemas, que me estressou. Bem, hoje quero compartilhar com vocês o meu sentimento de alegria, felicidade lúdica, de um cara de 34 anos que voltou a ser criança jogando um jogo de futebol. Obrigado, PES 2014, por existir e ter todos os problemas que teve… você foi necessário para que a nossa amada franquia Pro Evolution Soccer, retornasse com força total. Há mais de 4 dias não consigo parar de jogar e, graças a Deus, amar essa demo. Aquele sentimento de querer jogar até amanhecer voltou, a paixão voltou… imagina quando sair a versão completa e eu meter a mão na Master League? Tchau vida social, namorada e noites de sono… Como é bom estar apaixonado novamente! Obrigado aos mais de 40.000 membros cadastrados na comunidade Webrothers, a todos os mais de 30 membros da nossa equipe, a Konami e a Konami Brasil, especialmente ao André Bronzoni, por nos apoiarem sempre e também ajudarem a gente a manter viva a paixão pelo Winning Eleven. Somos PES, somos Winning Eleven, somos irmãos, somos Webrothers!   Autor: Eduardo Suliano  ]]>