close

Olá, brothers, tudo de boa? Então vamos a mais uma matéria sobre Pro Evolution Soccer!

Hoje a matéria é resultado do nosso intenso debate, a cada comentário, em busca de soluções para que a nossa amanda franquia Winning Eleven volte ao lugar que merece: o de melhor jogo de esportes do mundo.

Assim, resolvi organizar as nossas idéias em um só lugar e, com isso, depois, organizarmos uma carta aberta a ser enviada a Konami. Esse post é a matéria prima e, nos comentários, iremos ajustando tudo aos poucos.

Existe uma receita a ser seguida para que PES volte ao topo, algo factível, possível de ser seguido pela Konami? Existe sim, e a nossa comunidade e outras apaixonadas por PES ao redor do mundo gritam essa receita, todos os dias, no Twitter.

Então vamos aos ingredientes que, combinados, formam essa receita que fará nosso WE voltar a ser o jogo de futebol mais vendido do planeta!

 

APROVEITAR MELHOR A LICENÇA JÁ DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE

Uma das maiores deficiências da franquia PES (a maior para muitos), notadamente, é a escassez de licenças presentes no game. Hoje em dia FIFA vende tão mais que PES que, economicamente falando, a Konami não tem condições de competir com a EA nesse quesito.

Dito isso, o PESTeam deve agir com inteligência e astúcia para conseguir as licenças que a produtora canadense deixa dando sopa; e quando consegui-las, agarrá-las com todas as forças e aproveitá-las ao máximo. Infelizmente, isso não é feito.

Iniciando pela UEFA Champions League, a Konami não aproveita, ao meu ver, essa licença como deveria. A UCL é, simplesmente, o maior e melhor torneio de futebol do mundo, e é reproduzido de maneira pífia na franquia PES. O modo dedicado a UCL deveria ser recheado de conteúdo exclusivo, cutscenes em cgi, com imagens reais, entrevistas de ídolos do passado falando das suas glórias no torneio… coisas que contribuam na imersão do clima da UCL e nos façam viver a mesma emoção que sentimos ao ver o jogo na TV.

Como falamos no post anterior, a Konami parece estar criando um embrião de um modo carreira para a franquia PES, talvez no PES 2019. Não acham que essa seria a oportunidade de se aproveitar melhor a licença da UEFA? Fazer um modo carreira “Road to UCL Final”, mostrando todo o ambiente que cerca a competição mais legal que existe?

 

EXPLORAR AO MÁXIMO O SEU MAIOR MERCADO: O BRASIL

Creio que todos os leitores da Webrothers sabem que o Brasil é o lugar no mundo que mais vende PES, correto? Temos pessoas na Konami que sabem disso, que lutam por nós (leia-se André Bronzoni) e que conseguiram trazer 8 dos nossos estádios e os 20 clubes da primeira divisão licenciados. Isso basta?

Bem, sabemos da dificuldade em ser feito o licenciamento dos jogadores daqui, isso já foi dito exaustivamente em matérias mais antigas. Mas nada impede que outras coisas sejam feitas. Eu, particularmente, tenho 3 queixas sobre o aproveitamento da licença do Brasileirão; a primeira já citei acima, em relação aos jogadores genéricos, e sei que o André trabalha exaustivamente nisso, beleza. A segundo é em relação ao descaso com as faces dos jogadores brasileiros no jogo.

Qualquer liga mequetrefe do PES, como a Holandesa, tem mais faces que o BR! Sabemos que há dificuldade em se entrar no Brasil com o equipamento de body scan (escaneamento corporal 3D), mas isso não é justificativa! Faces podem ser modeladas em 3d com fotos de diferentes perfis usando um programa 3D, como o Blender! Eu acho um insulto termos que assistir times de países que vendem meia dúzia de cópias de PES terem todos os jogadores com faces! A Konami tinha obrigação de meter faces digitalizadas em quase todos os jogadores BR dos maiores times, principalmente os partners!

A lógica do mercado diz que, quando detectamos o nosso maior mercado consumidor, fazemos de tudo para agradá-lo e fazê-lo adquirir nosso produto. O André sabe disso, mas o Mr Global não. Vejo a galera da Konami se esforçando, trabalhando horas a fio pra trazer conteúdo não só para o Brasil, mas para os seus países vizinhos, e a gerência global vai lá e gasta dinheiro com parcerias inúteis, como a do Fulham! Meter mais faces nos jogadores daqui da América Latina faria PES vender muito mais do que essa pareceria sem noção!

Outra coisa que me tira do sério é a ausência de uma segunda divisão, mesmo que genérica, no Brasileirão. Isso é um absurdo! O país que mais vende PES não tem a experiência de jogar uma Master League com a emoção de brigar pra não cair! Ahhh, misericórdia! Por que tiraram a segunda divisão genérica que tínhamos antes?

Tomara que esse estreitamento de relações que vem acontecendo com o Cartola, Globoesporte e etc, de alguma maneira ajude ao André e sua equipe a trazer mais conteúdo BR para o PES!

 

ATACAR LICENÇAS NEGLIGENCIADAS PELA EA SPORTS

Uma coisa que a divisão da Konami aqui nas Américas vem fazendo, com sucesso, é atacar e conquistar licenças dos grandes clubes desse continente. Como sabemos, a EA está numa posição de vendas tão cômoda, que não se dá ao trabalho de enfrentar toda a burocracia e corrupção para conseguir licenças como da Libertadores, Brasileirão e etc.

Assim, a Konami deve continuar atacando esse mercado, tentando trazer a liga colombiana, uruguaia, peruana… esse é o caminho! Além disso, a Konami deve atacar ligas europeias que a Konami não dá tanta atenção, como a Portuguesa, Turca, Russa e etc, países que possuem milhares de fãs apaixonados por PES.

Não basta fechar parcerias individuais com clubes pra trazer lendas ao myClub, os outros modos de jogo não podem ser abandonados. Precisamos de um jogo com licenças de LIGAS INTEIRAS!

 

TORNAR A LIGA MASTER E O RUMO AO ESTRELATO MAIS ATRATIVOS E RENTÁVEIS

Uma das coisas que fez muitos fãs de PES migrarem para o FIFA foi o descaso com a Master League; e isso não parece que irá mudar, pelo menos na atual gestão global da marca. Ano a ano, os fãs de PES que são fãs da ML e BAL vem se queixando da castração desses modos, do marasmo, chatice que os povoam. E com razão.

Atualmente, quem está na gestão parece querer focar apenas no myClub, direcionar todos os recursos para ele, travar uma batalha pessoal para que um modo de jogo nada original, copiado do Ultimate Team, sem carisma, com online ruim e chato vingue, unicamente para sua glória pessoal. Os fãs da ML não são maltratados apenas em termos de conteúdo, mas também literalmente nas redes sociais, quando questionam coisas em relação a isso.

Não é necessário matar a ML, basta torná-la atrativa e rentável! Coloquem:

  • Calendário real;
  • Estrutura das competições real;
  • segunda divisão, mesmo que genérica;
  • Sistema de gerenciamento do clube e negociações mais difícil, sem ser muito complexo;
  • Sistema de treino e gestão do time mais profundo (não muita coisa);
  • Inserir microtransações em frescuras, como chuteiras adicionais, kits de recuperação, treinamento extra e etc. Isso daria um grande retorno financeiro e faria a Konami investir ainda mais nesse modo de jogo.

Resumindo: o Mr. Global precisa jogar mais PES Club Manager e aprender como fazer um jogo de verdade.

Quanto ao BAL, pode ser transformado num modo carreira, como o do FIFA. Até a EA copia a Konami, fazendo um modo inspirado no antigo “Fantasista” do WE. Só a Konami não copia a Konami!

 

TONAR O JOGO TOTALMENTE EDITÁVEL E APROVEITAR O MATERIAL DOS FÃS

Como já falamos acima, o quesito licenças é um dos pontos fracos da franquia. Além da inteligência na hora de gastar dinheiro com novas aquisições (o Fulham não, cacete!), outra coisa pode ser um grande quebra galho para isso: deixar o jogo totalmente editável!

São necessários:

  • Mais slots de imagens para uniformes, escudos e etc;
  • Mais opções para edição de uniformes via editor interno (fãs que jogam no Xone agradecem);
  • Volta do criador de estádios;
  • Mais opções de edição de áudio, como músicas, gritos de torcida, e etc;
  • Permitir mudar os cabelos dos jogadores com faces digitalizadas;
  • Permitir a mescla de uniformes, como no PES 6;
  • Etc.

Sabe, eu acho o cúmulo não podermos mudar o cabelo ou um uniforme, simplesmente, porque é contra a vontade de uma pessoa (leia-se Mr. Global); PES não tem dono, pertence aos fãs!

Além disso, o PESTeam precisa seguir o exemplo de outras produtoras e aproveitar as edições feitas pelos fãs. Só criar um “PES Creation Center” onde, ao postar suas edições, o cara concorda com que elas sejam aproveitadas no jogo. Pronto, com essa atitude, a Konami pode inserir faces digitalizadas em todos os jogadores relevantes do futebol mundial, manter todos os uniformes atualizados e etc. Isso não custa caro, pelo contrário: fará a Konami economizar tempo, trabalho e dinheiro.

 

OPTION FILES NO XBOX ONE

Um jogo AAA de uma das maiores companhias de entretenimento digital do mundo não poder ter uma limitação tão bizarra quanto a impossibilidade de se importar option files para o Xbox One. Isso, na verdade, tem consequências catastróficas para a Konami:

  • Diminui, e muito as vendas de PES na atual geração, já que PS4 e e Xone dividem o mercado gamer;
  • Fomenta o aumento de vendas do FIFA, já que os gamers caixistas optam, quase que sua totalidade, pelo jogo da EA;
  • Geram uma enorme insatisfação na comunidade PESista, já que, na geração passada, os jogadores do Xbox 360 eram, na minha opinião, os mais apaixonados pela franquia, com option files abundantes e, agora, ficaram órfãos.

Ao invés de gastar dinheiro com o Fulham ou com a titica do myClub, paguem um nerd hacker pra criar um sistema ou desbloquear o Xone; o que não pode é ficarmos sem OFs nessa plataforma.

 

MELHORAR O PÓS VENDA DO PES

Sabe quando sentimos que um jogo foi abandonado pouco tempo depois de seu lançamento? Isso assombra muitos fãs de PES, que se salvam com patches ou OFs (coitados dos nossos amigos do Xone).

Para começar, a Konami precisa ser muio mais eficiente no lançamento de patches corretivos, DLCs de conteúdo e atualizações de times e jogadores. É inadmissível que, depois de dois meses e meio do lançamento de PES 2018 a Konami não tenha corrigido os bugs mais gritantes do jogo.

Essa demora gera um desgaste enorme na comunidade, deixando os fãs extremamente insatisfeitos e raivosos (podemos observar isso claramente aqui nos comentários do site). Alguns bugs, mesmo que não prejudiquem tanto a experiência excelente que PES 2018 nos trás, acabam deixando os fãs magoados e enfurecidos por essa demora excessiva da Konami em solucionar tais problemas.

Outra questão relacionada ao pós venda é a inexistência de vídeos tutoriais e outros itens relacionados a PES após o lançamento do game. Gente, quando se lança um game desse porte, deve-se entupir o Youtube de tutoriais. dicas e afins, de modo a prender ainda mais o gamer ao jogo. A Konami faz isso? Claro que não! O Bronzoni até tentou implantar isso no PES 2016 com o Gabigol, se não me engano, mas ele sozinho não dá conta, é só um cara.

Ainda nesse quesito, uma das maiores falhas da Konami é a relação com os fãs nas redes sociais. Temos algumas pessoas que, embora agora tenham fugido do Twitter, passaram anos tratando mal os fãs de PES nas redes sociais. Patadas, foras, arrogância, prepotência, tudo isso foi gerando uma revolta enorme na comunidade que, ao meu ver, construiu uma relação péssima entre PES e fãs nas redes sociais.

É notório que PES é pessimamente gerido a nível global, e a Konami precisa mudar isso com urgência. O rapaz sumir do Twitter não vai fazer os fãs esquecerem de tudo o que ele aprontou.

 

MELHORIAS NO ONLINE

Metemos o pau nos defeitos e erros da Konami mas, quando eles acertam, temos que reconhecer: a evolução do online de PES 2017 para PES 2018 foi brutal. Eu, particularmente, raramente tenho delays ou lags, usando meu NET Virtua de 15 MB. Mesmo assim, existem alguns problemas.

Começando pelo Wi-Fi, PES não funciona online com esse tipo de conexão: o jogo fica horroroso quando jogado desta maneira, por isso nem cogite jogar sem um cabo de rede diretamente conectado ao seu console. É esse tipo de informação omitida que gera insatisfação nos fãs. Quantos não vem aqui no site dizer que PES 2018 é uma porcaria, sendo que estão jogando via wi-fi, com uma conexão compartilhada e com menos de 10MB?

A Konami precisa ser clara na embalagem do produto, informando que a conexão deve ser via cabo, que a rede deve estar dedicada a fim de evitar oscilações e passar as taxas mínimas de download, upload e ping exigidos pelo game. O cara que vem aqui dizer que PES 2018 é uma titica, compartilhando uma internet de 5 MB via Wi Fi com a família inteira tá errado em reclamar? Claro que não, pois a Konami não expôs a informação completa para ele.

Ainda no quesito online, a Konami precisa, com urgência, melhorar o sistema anti trapaça da franquia. Ter que ir no PC e denunciar o cara num link pouco acessível e num layout pouco amigável é surreal; a denúncia aos trapaceiros só será efetiva e coibirá essa prática quando pudermos delatar o cara in game, direto do console, de maneira simples e rápida. Qualquer coisa diferente disso não terá resultados efetivos.

 

REPAGINAR O MYCLUB

Ok, a Konami precisava lançar um produto nos moldes do Ultimate Team, o mercado e os consumidores pediam isso. Mas, na minha opinião, já passou da hora do myClub retirar as “rodinhas” e andar por conta própria.

Chega de imitar o UT, chegou a hora de inovar, e a Konami tem duas ótimas fontes de inspiração, em seu próprio currículo, pra achar a fórmula ideal para o myClub: resgatar elemento dos modo comunidade e a Master League Online.

Sinceramente falando, o myClub não é um modo de jogo ruim, pelo contrário. Mas ele não pode ser concebido, primordialmente, como um modo de jogo para atrair fifeiros; ele precisa ser concebido como um modo de jogo para atrair PESistas!!!!

Comentem bastante sobre as melhorias que desejam para esse modo de jogo, pois vocês sabem que não é meu ponto forte (embora eu esteja me esforçando pra mudar isso).

 

TRAZER OS CLUBES PARA O E-SPORTS

Uma das coisas que funcionam bem dentro da Konami, na minha opinião, é a parte ligada à organização da PES League; não há o que reclamar nesse sentido. Entretanto, a Konami precisa trazer os clubes de futebol para dentro dela.

Explicando melhor, vemos a todo instante notícias de clubes que estão criando equipes de e-sports para competir em FIFA. Isso gera muita mídia e atrai muitos fãs. E em relação ao PES? Não vemos nada nesse sentido, não vemos clubes se aproximando da PES League, e isso precisa mudar.

Creio que a Konami está no caminho certo nesse quesito, mas precisa dar esse próximo passo!

 

AUMENTAR O GRAU DE IMERSÃO DO JOGO

Um dos maiores defeitos da franquia, atualmente, é o baixo grau de imersão que o game apresenta. Em PES 2018 isso está um pouco atenuado, pois o nível de dificuldade e de desafio estão excelentes na minha opinião. Mas a imersão precisa ser melhor apresentada.

Precisamos, em todos os modos de jogo, de mais frescuras que nos permitam “entrar” mais no clima do jogo:

  • Mais cutscenes, inclusive interativas;
  • Colocar mais gritos de torcida reais;
  • Melhorar sistema de gestão do clube, inclusive de transferências;
  • Melhorar sistema de treinos;
  • Calendário mais realista;
  • Colocar mais frescuras dentro do campo, como arbitro mais ativo ajeitando barreira, passando spray… imagina se a Konami inova e coloca torcedor invadindo o campo!!!!
  • Colocar músicas com o tema futebol na trilha sonora do jogo;
  • E muitas outras coisas que vocês irão colocar nos comentários!

Sim, a Konami precisa melhorar isso com urgência.

 

APELAR PARA A NOSTALGIA DOS FÃS

Com todas essas mudanças propostas, inclusive na gestão global do jogo, a Konami deveria trazer de volta o nome Winning Eleven! Esse seria um marco verdadeiro nessa virada da franquia! O nome PES já foi demasiadamente maltratado pela Konami e pelo Mr. Global, e precisa sair de cena.

Trazer a marca WE de volta e, junto com isso, trazer de volta o cara ou coroa, o cachorro, o Zico na capa, a mistura de uniformes… enfim, trazer de volta elementos que remetem a nossa infância seria fantástico! Geraria uma hyppe monstra na comunidade e, com certeza, a faria esquecer dos anos em que foi maltratado no Twitter (por vocês sabem quem).

Na minha opinião, algumas coisas são inevitáveis de acontecerem, pois a sobrevivência da franquia está diretamente relacionada com elas. Só espero que não demorem muito.

Um abraço a todos e comentem bastante.

 

SAIUUUUUUUUUUUU A V1 DO OPTION FILE DO VINNYEXTREME PARA PES 2018 PS4!!!!!!!!!!!!!!!!

COMPRE SEUS JOGOS EM MÍDIA DIGITAL COM O RAUL!!!!!!!!!!

 

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!

DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!

NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!

Tags : DestaqueKonamipes 2018Pro Evolution Soccerpro evolution soccer 2018WebrothersWinning Elevenwinning eleven brothers
Edu Suliano

The author Edu Suliano