Entrevista com Diretor Global de PES Erik Bladinieres

  [highlight color=”eg. yellow, black”]Não copie e cole em outros sites, ok? Valorize o nosso trabalho![/highlight] Logo no início, quando perguntado sobre os estádios que são escassos no PES 2015, Erik diz que eles sabem dessa deficiência, e que estão trabalhando não apenas para trazerem mais estádios, mas para trazerem mais licenças como um todo, fazerem um jogo melhor. Ele diz que acha o PES 2015 o melhor PES já feito até hoje; pode não ser o mais icônico, pois ainda tem poucos meses de lançamento, mas que é o melhor, principalmente em nível tecnológico.Ele diz ainda que essa retomada do PES na versão 2015 faz parte de um plano estratégico traçado há 5 anos atrás, e que o PES 2015 foi o passo mais importante e difícil, que é a volta da franquia como um jogo de qualidade. Erik destaca ainda a implementação da PES League, que é um torneio a nível mundial, com as mesmas regras e estruturas no mundo inteiro, e que dá oportunidade de qualquer pessoa do mundo a chegar a final mundial. Ele destaca ainda que existe uma equipe específica para cuidar apenas da Pes League. Erik fala ainda do problema do licenciamento do campeonato brasileiro, ressaltando que foi uma questão muito complicada. Ele ressalta que houve um grande esforço para licenciar os jogadores até agora presentes no brasileirão, e que a Konami sabe que o Brasil é um dos maiores mercados para o Pro Evolution Soccer e que o total licenciamento do brasileirão é prioridade para eles. Quanto a possibilidade do retorno da liga chilena, ele despista, dizendo que tudo é possível. Falando do seu trabalho na base inglesa da PES Team, Erik diz que é o responsável por toda a estratégia da marca PES a nível mundial. Ele diz que a equipe no Japão segue responsável pelo desenvolvimento do jogo em si, mas sempre sendo direcionada pela equipe europeia. Ele cuida da regionalização do jogo, trazendo particularidades para cada região, como licenças e etc. Ele ressalta que sempre diz para a sua equipe qual a essência do PES, que ele é como um jogo que nós jogávamos na nossa infância, quando colocávamos a bola debaixo do braço e íamos para a rua jogar, e sentíamos amor e paixão com ele. Para ele, essa é a raiz do PES, um jogo apaixonante e divertido, e essa é a diretriz da equipe de produção. Falando um pouco das comunidades, ele disse que o feedback delas é essencial, que ele vê as comunidades como uma extensão da PES Team, que são elas que ditam as estratégias de desenvolvimento do jogo. Ele disse que o PES 2015 veio desse feedback das comunidades. Entrando no tema PES 2016, Erik diz que a equipe japonesa já está trabalhando intensamente no jogo há algum tempo, que ele gostaria de nos contar novidades do jogo mas não pode, ainda. Ele frisou que apenas na E3 teremos informações do novo jogo. Entrando no tema da diferença de conteúdos entre as versões da nova e antiga geração, Erik diz que cada plataforma tem sua limitação e, daí, vêm as diferenças de conteúdo de uma versão para a outra. Ele disse ainda que o curto tempo para o desenvolvimento do jogo é algo que também limita o conteúdo do mesmo, que não há tempo para colocarem tudo o que gostariam. Ele diz ainda que a questão da limitação das licenças é o custo das mesmas, e por isso eles tratam como prioridade as mais populares. Quando perguntado das licenças dos treinadores, ele diz que isso faz parte das negociações do PES Manager, e que isso mostra a intenção deles de integrarem todos os produtos PES. Quando perguntado se PES será feito também para dispositivos móveis, ele diz que haverão produtos para essas plataformas, diferentes produtos. Ele diz ainda que, um dos objetivos da equipe, é acabar com os trapaceiros do online, que é uma reclamação de todas as comunidades. No fim da entrevista, quando perguntado novamente do PES 2016, ele diz que jogou bastante PES 2016 nos últimos dias e que o jogo está espetacular, mas que ainda não pode falar detalhes sobre o mesmo. https://www.youtube.com/watch?v=4S_tUu6yIlU


Brothers, comentem bastante sobre as impressões de vocês. Claro que ele não pode falar muita coisa, mas podemos tirar bastante coisas de suas palavras. Depois vou fazer um post só discutindo a entrevista, levando em conta os comentários de vocês, ok? Um abraço a todos e #OCampoÉNosso MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS! NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO! ENTRE NA PES LEAGUE COPA LIBERTADORES CLICANDO NO LINK http://bit.ly/WeB-PESleague RESOLVA SEUS PROBLEMAS DE CONEXÃO NO PES 2015 CLICANDO AQUI Webrothers Site – http://www.we-brothers.net/ Webrothers Forum – http://www.we-brothers.net/forum Webrothers Twitter – https://twitter.com/webrothersteam Webrothers Facebook – https://www.facebook.com/webrothersteam Webrothers Google+ – https://plus.google.com/u/0/+WebrothersNettea  ]]>