Entrevista com Valber, campeão da Copa Playstation de PES 2014

Entrevista com Valber, campeão da Copa Playstation de PES 2014

Olá, brothers!

É com muito orgulho que a Webrothers traz mais uma entrevista para os fãs de Pro Evolution Soccer. Desta vez, o entrevistado é Valber Lacerda Mendes, campeão da Copa Playstation de PES 2014. Ele irá falar do torneio, das suas expectativas para o PES World Finals, PES 2014, PES 2015 e muito mais.

#FutebolSeJogaComPES

1 – Olá, Válber. Como vai? Em primeiro lugar, parabéns pela conquista da Copa Playstation de PES 2014. Antes de entrarmos no assunto PES, fala pra gente um pouco sobre você. R: Tudo blz, muito obrigado pelos parabéns. Tenho 21 anos, moro em Aparecida de Goiânia-Goiás, parei faculdade por conta do PES. Trabalho na empresa do meu pai (ferragista ). Gosto muito de jogar bola, mais o tempo que sobra é direto no vídeo game

2 – E aí, como o PES entrou na sua vida? Qual a primeira versão do jogo que você jogou? R: O PES entrou na minha vida pra mudar tudo. Primeira versão foi em 2008, onde conheci a federação, mas não tinha conhecimento de nada, ia mais para brincar. Aí parei de jogar, jogava às vezes. Mais a partir de 2011 comecei a me dedicar mesmo, fazendo grandes amigos em todo o Brasil.

3 – Como você começou a competir? Quais títulos já havia conquistado antes da Copa Playstation? R: Comecei a competir em 2011, comecei a treinar com a galera, e o primeiro campeonato que joguei foi a Copa Fujioka, valendo uma ninja Kawasaki, contra o Allisson Black na final. Perdi de vacilo! Mais a partir desse dia vi até aonde posso chegar, e me dediquei mais e mais. Copa Fujioka 2011 – ganhei notebook Copa Fujioka 2012 – 3° lugar Copa Fujioka 2013 – uma em 3° lugar, outra fui campeão em cima de Allisson Black, ganhando um Honda 150. 2014 ganhei a etapa de Brasília da Copa Playstation, fui campeão cearense, campeão da Copa v12. E campeão da Copa Playstation .

4 – Quantas horas por dia você joga PES? Você tem um método de treinamento? R: Jogo por dia 4 horas mais ou menos. Quando falta 1 mês pro campeonato o treinamento e de 8 a 10 hrs por dia. Sempre com os melhores de Goiás.

5 – No PES 2014 em específico, qual o principal fator (ou conjunto deles) para alcançar uma vitória? O que é preciso para ser competitivo em torneios como a Copa Playstation? R: No PES 2014 é preciso treinar os bugs do jogo, como um gol de r2 fora da grande área. Um drible pode ser essencial, um goleiro manual pode ser muito decisivo também. Agora o que é mais decisivo é a tranquilidade, confiança e controlar o nervosismo. Em uma hora dessas a experiência conta muito.

6 – Agora, falando de Copa Playstation, pode nos falar um pouco da sua trajetória? Como foi enfrentar jogadores consagrados e vencê-los, qual foi o adversário mais difícil e principalmente, como foi a grande final? R: A 1ª fase não foi muito complicada, passei tranquilo. As oitavas de final tomei um susto logo de cara, sai levando 2 gols em menos de 10 minutos de jogo. Mas mantive a tranquilidade e virei, tornando o jogo fácil. Nas quartas o jogo foi mais difícil pra mim, contra um adversário de peso (MOLINA). Mas joguei e fiz meu melhor. Comecei o jogo tomando 2 gols. Consegui empatar, e logo tomei o 3 x 2. Consegui um empatar no final do jogo e, no jogo de volta, consegui sair na frente com 2 x 0 e tive a tranquilidade de atacar e marcar com perfeição. Foi um jogão. Na semifinal foi com um moleque novo, uns dos favoritos, Guilherme Fonseca. Comecei o jogo nervoso, mas logo fiz 4 x 1 e levei o jogo com tranquilidade. Final – contra um goiano, dizendo ele que sou professor dele. Entrei bastante tranquilo e focado. Respeitei em todos os momentos do jogo. E fiz o que sempre sei, fazer gols e defender com tranquilidade. Mas o jogo mais difícil pode-se dizer que foi contra Lucas Guerra, MOLINA!

7 – E aí, você vai confiante para o PES World Finals? Quais suas expectativas? Como você vai se preparar para o torneio? R: Vou muito confiante, o Brasil todo torcendo por mim e representar seu estado é  uma responsabilidade muito grande. Minha expectativa é de trazer o título inédito pro Brasil. Vou treinar com nomes consagrados e experientes pra chegar firme no torneio. Treinar com Alonso de Farias, Allisson Black etc. Focar nos treinos.

8 – Mudando um pouco de foco, o que você achou do PES 2014: quais suas impressões sobre o jogo, o que você mais gostou e não gostou? R: O jogo tem q ser jogado. Pra falar a verdade não gostei muito do jogo no começo, mas com o passar do tempo, fico um jogo mais real, mais jogado, mais equilibrado. De todo gostei do jogo, é só acostumar com os bugs e jogar. O que não gosto do jogo e que as vezes acontece coisas sem logica (como  jogadores ficarem bobos no boné, goleiro catar pra baixo…).

9 – O que você espera do PES 2015? R: Espero um jogo mais real, mesma coisa do PES 2014, mas sem falhas de goleiro e de jogadores.

10 – Válber, quais outros jogos (além do PES) você joga? R: Jogo só PES e PES, não gosto de outro jogo kkkkk. PES NA VEIA

Válber, muito obrigado pela sua pronta disposição em atender a nossa comunidade. Agradeço em nome dos milhares de membros da comunidade Webrothers. Desejamos sucesso a você tanto nos torneios de PES, quanto nas outras áreas da sua vida. Um grande abraço!

]]>