Análise das faces no PES 2019 e a importância delas na franquia

@ProEvolutionBRA, e espero que gostem e comentem bastante a matéria. Hoje vamos falar sobre um assunto que sempre gera muita repercussão na comunidade PESista: FACES! Vamos falar delas no PES 2019 e na franquia como um todo.


A grande divergência da comunidade sobre as faces!    

Há os que não dão muita importância a essa questão de faces e, principalmente, a quantidade em que elas são adicionadas nas DLCs. Alguns até questionam dizendo que existem outras coisas mais importantes a se tratar no jogo, porém não é bem assim… Dentro do desenvolvimento de um game, as coisas funcionam de maneira separada, cada equipe atua dentro da sua área e não é a criação de faces que irá impedir a melhoria ou inovações em outras aspectos como jogabilidade por exemplo. Partindo daí, chegamos ao nosso assunto principal, que é motivo de euforia e decepção a cada atualização do nosso querido Pro Evolution Soccer. E porque essa mistura de sentimentos? Eu explico: grande parte da comunidade do PES, incluindo a minha pessoa, espera no mínimo 200 NOVAS faces a cada update, e como sabemos o número não chega nem perto disso, o que causa a frustração.

Mas estamos certos em cobrar um número maior da Konami?

Uma coisa é certa, diferentemente dos últimos anos, no PES 2019 a Konami, acertadamente diminuiu a distância entre as atualizações que antes demoravam 3, 4 meses entre uma e outra… No cenário atual são 42 dias entre os datapacks (vide o último), o que pode servir para entendermos o baixo número acrescentado em cada um deles. Outra questão é a sensacional qualidade das faces do PES, sejam as modeladas ou as scaneadas, que com certeza levam um tempo maior para serem criadas. Contudo ainda acredito que a Konami pode nos oferecer um número maior. Outra grande cobrança é a distribuição das faces; todos sabemos que a maioria das faces estão concentradas na Inglaterra e Espanha respectivamente, dois mercados onde o PES não obtém números expressivos de venda. Porém, são as ligas onde temos a maior concentração de grandes jogadores na Europa, além de serem as mais midiáticas acompanhadas pelo mundo todo, o que gera o foco da Konami em criar faces. Mas essa não é a maior crítica da comunidade, que a Konami continue colocando muitas faces nessas ligas, a crítica é pelo esquecimento e numero baixíssimo de faces em outros países, como no Brasil. A DLC 3.0 só trouxe 4 NOVAS faces de jogadores que atuam no Brasilerão: Rodrygo (Santos), Dedé (Cruzeiro), Renê (Flamengo) e Pedro Geromel (Grêmio / Seleção Brasileira). Enquanto a DLC 2.0 havia adicionado apenas, Clayson (Corinthians) e Borja (Palmeiras). É em cima disso a nossa reclamação.

Cenário atual do número de faces por liga no PES2019

Segundo os dados obtidos através do site PES Masters (www.pesmaster.com), o número atual de faces por liga está conforme o quadro abaixo: Podemos observar que o Campeonato Brasileiro é só o oitavo no ranking de faces em PES2019, atrás por exemplo da liga turca, com apenas 69 rostos. Esse número deveria ser bem maior se pensarmos que a Konami possui cinco equipes que são parceiros e exclusivos, e que o Brasil é o país no mundo que mais vende Pro Evolution Soccer. Outro ponto importante é que dos 20 clubes do Brasileirão, apenas 12 possuem ao menos uma face. Elas estão distribuídas assim: Flamengo: 15 (Éverton Ribeiro, Vitinho, Diego, Diego Alves, Henrique Dourado, Lucas Paquetá, Réver, Cuéllar, Rhodolfo, Renê, Juan, Berrío, Willian Arão, Trauco e Marlos Moreno) Palmeiras: 10 (Dudu, Felipe Melo, Borja, Lucas Lima, Weverton, Fernando Prass, Deyverson, Jean, Gustavo Gómez e Edu Dracena) Corinthians: 9 (Fágner, Cássio, Jádson, Romero, Ralf, Clayson, Gabriel, Henrique e Emerson Sheik) São Paulo: 9 (Diego Souza, Nenê, Rodrigo Caio, Jucilei, Éverton, Arboleda, Sidão, Bruno Peres e Brenner) Cruzeiro: 9 (De Arrascaeta, Fábio, Thiago Neves, Dedé, Fred, Lucas Silva, Mancuello, Rafael Sóbis e Hernán Barcos) Internacional: 4 (Rodrigo Dourado, D’Alessandro, Leandro Damião e Edenílson) Vasco da Gama: 3 (Leandro Castán, Giovanni Augusto e Maxi López) Santos: 3 (Gabriel, Rodrygo e Dodô) Atlético MG: 3 (Ricardo Oliveira, Elias e Victor) Athetico Paranaense: 2 (Lucho González e Jhonatan) Paraná Clube: 1 (Caio Henrique) Sport Recife: 1 (Marlone) Existe muito a melhorar, não acham? Principalmente na questão dos parceiros! Será que a Konami irá mesmo escanear jogadores de Flamengo e São Paulo durante a Flórida Cup? Já seria um começo! Outros pontos que a Konami precisa atacar com urgência: através do André Bronzoni, a Konami vem investindo muito em licenças da América do Sul. Entretanto, sem imersão nessas ligas, de nada adiantará tal esforço a fim de fidelizar fãs e alavancar as vendas. E esse aumento de imersão passa muito pelo aumento do número de faces das ligas argentina, chilena e colombiana.

Faces que devem aparecer nas próximas atualizações.

Pra finalizar, vou deixar uma lista feita por mim com 100 jogadores que devem receber faces nas próximas atualizações; não há nenhuma informação oficial, são nomes que com base nas ultimas escolhas da Konami e que, muito provavelmente, estão no radar da PESTeam. Algumas faces surpreendem quando chegam, mas outras são bem previsíveis. Desde sempre, estar convocado para a seleção nacional aumenta muito as chances de um novo rosto aparecer no jogo. Nessa relação de jogadores não listei nenhum jogador de Celtic, Rangers e Schalke 04, pois esses clubes foram escaneados e provavelmente terão muitas faces adicionadas nas próximas DLCs, inclusive o clube alemão já teve alguns atletas incluídos na 3.0!
  • Lewis Dunk (Brighton & Hove Albion)
  • Aaron Wan-Bissaka (Crystal Palace)
  • Ryan Fraser (Bournemouth)
  • Pablo Rosario (PSV Eindhoven)
  • Arnaut Groeneveld (Club Brugge)
  • Eljero Elia (İstanbul Başakşehir)
  • Alessio Cragno (Cagliari)
  • Gianluca Mancini (Atalanta)
  • Cristiano Biraghi (Fiorentina)
  • Cristiano Piccini (Valência)
  • Nicolò Zaniolo (Roma)
  • Daniele Baselli (Torino)
  • Rolando Mandragora (Udinese)
  • Gianluca Caprari (Sampdoria)
  • Kévin Rodrigues (Real Sociedad)
  • Gedson (Benfica)
  • Odysseas Vlachodimos (Benfica)
  • Franco Cervi (Benfica)
  • Andrija Živković (Benfica)
  • João Felix (Benfica)
  • Jonathan Bamba (Losc Lille)
  • Moussa Diaby (PSG)
  • Diogo Dalot (Manchester United)
  • Brahim Díaz (Manchester City)
  • Fredrik Midtsjø (AZ)
  • Oussama Idrissi (AZ)
  • Gastón Pereiro (PSV Eindhoven)
  • Angeliño (PSV Eindhoven)
  • Arbër Zeneli (Heerenveen)
  • Mario Hermoso (Espanyol)
  • Samuel Chukwueze (Villareal)
  • Joris Gnagnon (Sevilla)
  • Guilherme Arana (Sevilla)
  • Ibrahim Amadou (Sevilla)
  • Francisco Portillo (Getafe)
  • Domingos Quina (Watford)
  • Sergio Reguilón (Real Madrid)
  • Isaac Success (Watford)
  • Çağlar Söyüncü (Leicester City)
  • Hélder Costa (Wolverhampton)
  • Martin Dúbravka (Newcastle United)
  • Mohamed Diamé (Newcastle United)
  • Florian Lejeune (Newcastle United)
  • Georges-Kévin N’Koudou (Tottenham)
  • Juan Foyth (Tottenham)
  • Paulo Gazzaniga (Tottenham)
  • Declan Rice (West Ham United)
  • Pedro Obiang (West Ham United)
  • Ryan Fredericks (West Ham United)
  • Ethan Ampadu (Chelsea)
  • Callum Hudson-Odoi (Chelsea)
  • Timothy Castagne (Atalanta)
  • Dennis Praet (Sampdoria)
  • Brandon Mechele (Club Brugge)
  • Kevin Mbabu (Young Boys)
  • Boubacar Kamara (Olympique de Marseille)
  • Yann Karamoh (Girondins de Bordeaux)
  • Pablo (Girondins de Bordeaux)
  • Kara Mbodji (Nantes)
  • Abdoulaye Touré (Nantes)
  • Anthony Limbombe (Nantes)
  • Valentin Rongier (Nantes)
  • Walter Benítez (Nice)
  • Allan Saint-Maximin (Nice)
  • Max-Alain Gradel (Toulouse)
  • Benjamin Henrichs (Mônaco)
  • Marcus Thuram (Guingamp)
  • Otávio (Porto)
  • Éder Militão (Porto)
  • Tiquinho Soares (Porto)
  • Jovane Cabral (Sporting)
  • Dyego Sousa (Braga)
  • Rodrigo Becão (CSKA)
  • Takuma Nishimura (CSKA)
  • Fyodor Chalov (CSKA)
  • Kirill Nababkin (CSKA)
  • Axel Tuanzebe (Aston Villa)
  • Jack Grealish (Aston Villa)
  • Pedrinho (Corinthians)
  • Bruno Henrique (Palmeiras)
  • Pedro (Fluminense)
  • Roger Assalé (Young Boys)
  • Kévin Malcuit (Napoli)
  • Renzo Saravia (Racing)
  • Gastón Giménez (Vélez Sarsfield)
  • Ramón Ábila (Boca Juniors)
  • Esteban Andrada (Boca Juniors)
  • Sebastián Villa (Boca Juniors)
  • Joaquín Correa (Lazio)
  • Gonzalo Montiel (River Plate)
  • Rafael Santos Borré (River Plate)
  • Moisés (Palmeiras)
  • Mateus Vital (Corinthians)
  • Gustavo Scarpa (Palmeiras)
  • Álex Moreno (Rayo Vallecano)
  • Luís Advíncula (Rayo Vallecano)
  • Yago Pikachu (Vasco da Gama)
  • Josef Martínez (Atlanta United)
  • Maycon (Shakhtar Donetsk)
  • Stanley N’Soki (PSG)
E aí, quais jogadores vocês queriam ver escaneados? Comentem bastante!
Brothers, espero que tenham gostado da matéria de hoje. Comentem bastante, pois é a interação de vocês que nos motiva a escrever! Podem concordar ou discordar, só mantenham o respeito.

Um abraço e não esqueçam,  PES é #OPoderDoFutebol !

Ahhh, e não se esqueçam de nos seguir no Twitter @WebrothersTeam!!!!!!!!!!! Estamos lá o dia inteiro e damos as notícias em tempo real!!!!!!!!!!!

OBS: conheça toda a nossa equipe clicando aqui.

Se você quiser compartilhar informações conosco, basta enviar um e-mail para we-brothers@we-brothers.net, ok?

>>>> Saiuuuuu a v5 do of do Vinny para PES 2019 PS4!!!!!!!!!!!!!!!! Só clicar na imagem abaixo e conferir!<<<<<

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!

DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!

NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!

]]>