close

Olá, brothers, tudo de boa? Então vamos a mais uma matéria sobre PES 2018!

Hoje o tema é Master League, maior área de interesse para muitos leitores da Webrothers. Todos os anos, a cada versão do Pro Evolution Soccer, tenho meus rituais antes de começar a minha ML e, hoje, vou compartilhar alguns com vocês.

OBS: matéria criada baseada na minha experiência no PS4

Escolha um bom option file

Do mesmo jeito que um bom time começa por um bom goleiro, iniciar uma ML divertida começa por escolher um bom option file. Para começar um save com time BR e se divertir, é essencial que seja usando um OF brasileiro, de qualidade e, de preferência, sem bugs

Publicado por Vinny Xtreme PatchMaker em Sexta, 24 de novembro de 2017

No meu caso, uso o OF do Vinny (imagem e link acima) que, na minha opinião, é o melhor option file nacional. Entretanto, existem outros OFs por aí, mas que não dão o suporte que o Vinny dá, é garantia de dor de cabeça zero.

Posto isso, assegure-se que o OF esteja com o brasileirão completo, com times atualizados, faces de qualidade, mesmo que feitas no editor interno e, além disso, com os legends desbloqueados.

Baixar um OF meia boca só vai trazer dor de cabeça e dar ainda mais trabalho antes de começar o save.

Editando os jogadores pensando na sua diversão

Depois de instalado o option file de sua preferência, há outro importante passo antes de iniciar um save na ML: editar os jogadores do Brasileirão. Que fique claro que estas são dicas baseadas no meu gosto e que, seguir elas ou não, é escolha de vocês.

Uma coisa que eu sempre fiz, até pelo fato de ter editado diferentes versões de WE/PES por mais de 12 anos, foi editar a data base antes de iniciar meu save. Nesse caso específico dos times brasileiros, é bem legal que você mude, pontualmente, o overall de alguns jogadores.

Uma técnica que eu trago desde o tempo de editor de data base (que era minha maior especialidade) é criar jogadores “referência”, para servir de parâmetro para os outros. Vou dar exemplos: digamos que o Diego Alves, goleiro do Flamengo, seja o melhor goleiro em atividade do Campeonato Brasileiro. Se não me engano, ele começa com 82 ou 83 de ovrl e, sendo ele o melhor, nenhum outro goleiro do campeonato poderá ter um over maior do que o dele.

Posto isso, você define o “jogador referência” para cada posição e, baseado nisso, pode ir editando os demais jogadores tendo eles como parâmetro. Nada impede de você aumentar o over do jogador referência, isso muitas vezes se fará necessário, mas não perca o bom senso, dê aquela “roubada” nas notas dos jogadores, mas com responsabilidade.

Obviamente, a atenção maior será com o seu time, e não poderia ser diferente, ele será o centro da sua diversão. Antes de iniciar o save, vá no seu elenco, avalie suas necessidades, se o craque do time está com notas justas, se aquela revelação está com potencial, se as faces estão parecidas… Entrando no Youtube, vocês acharam diversos tutoriais para fazer as faces no editor do jogo, vejam só:

Assim, ajeite o seu time com responsabilidade, ajeitando alguns overs e aparências, mas sem mudanças bruscas no nível dos jogadores. Se ater às posições registradas também é importante, pois a Konami erra nisso muitas vezes.

Colocar Legends sem liberar jogadores Clássicos

Uma das coisas mais gostosas nesse PES 2018, na minha opinião, é jogar com os legends na Master League. No meu save com o Flamengo, coloquei o Zico, Maradona e Romário no meu time, os maiores ídolos que tenho no futebol.

Meninos, não me julguem, ok? Eu curto os legends e muito, mas sem estragar o jogo. E vou explicar. Para começar, para usar os legends é necessário ter instalado um option file que desbloqueie eles. Feito isso, eles estarão lá nos times clássicos do PES.

O próximo passo é escolher os legends que queremos no jogo. Faço isso pois não curto um save com 800 mil legends espalhados pelos times, escolho um e outro que mais gosto e coloco no meu time. No meu caso, o processo foi simples: fui no menu editar, criar jogadores e criei 3 novos jogadores copiando a base do Zico, Maradona e Romário.

Feito isso, ao iniciar meu save, os 3 estavam lá na ML em “jogadores criados”, sem que eu precisasse liberar a opção de desbloquear os jogadores clássicos na Master League. Esse, na minha opinião, é o jeito mais legal de desbloquear os lendários.

Ah, e pra galera do mimimi que vai dizer que é “paia” jogar com os legends, que o jogo fica “roubado”, basta colocar no nível lenda, beleza?

Não fazer contratações irrealistas

Uma das coisas mais legais em se iniciar uma ML com times do Brasileirão é podermos jogar PES 2018 trazendo-o para dentro da nossa realidade, correto? Jogar com o nosso clube de coração, controlar jogadores que vemos toda semana em ação, tudo isso é muito legal, todo esse vínculo.

Uma das coisas que não faço, de jeito nenhum na minha ML, é fechar contratações irrealistas (com a exceção dos legends, é claro). Eu não contrato jogadores de fora da América do Sul pro meu Flamengo de jeito nenhum, mesmo que seja um europeu top e que esteja listado para venda.

No meu Flamengo, tirando os legends, só contrato ou jogadores BR (exceto os tops que não vem mesmo, como Neymar e etc), jogadores argentinos, peruanos, chilenos, colombianos e do Mercosul em geral. Pra mim, isso deixa o jogo mais legal e realista, mas nada contra quem gosta de rechear seu time BR com jogadores europeus.

A polêmica dos jogadores filhinhos

Um dos pontos mais polêmicos na Master League atual é em relação aos jogadores filhinhos, que são aqueles que se aposentam e voltam com 16 anos livres para transferência.

Como eu já disse em matérias anteriores, eu curto os filhinhos, mas tem quem não goste. No caso da ML com time Brasileiro, eu uso eles com duas finalidades:

  • Jogadores filhinhos brasileiros ou latinos eu contrato sim, sem problemas, pois já vem com muitas habilidades e evoluem rápido;
  • Jogadores filhinhos europeus eu contrato se estiver precisando de grana. Eu não chego a usar eles, mas contrato e vendo depois; já na primeira janela depois de contratá-los, chovem propostas de transferências e dá pra fazer uma grana.

Assim, gostando ou não dos filhinhos, eles podem ser uma solução par o seu time em termos técnicos, ou em termos financeiros. Você escolhe.

Conclusão

Mesmo sem termos uma série B do Brasileirão, é possível nos divertirmos na ML apenas personalizando as coisas ao nosso gosto. Caso as modificações que vocês tenham feito deixem o jogo mais fácil do que vocês gostariam, basta ajustar a dificuldade para o nível lenda, que tudo vai ficar equilibrado.

Galera, não deixem de postar as sugestões, comentários e críticas de vocês. Também mandem suas opiniões e ideias para o nosso e-mail [email protected] .

Um abraço a todos e #OCampo é nosso!

Ahhh, e não se esqueçam de nos seguir no Twitter @WebrothersTeam!!!!!!!!!!! Estou lá o dia inteiro e dou as notícias em tempo real!!!!!!!!!!!

>>>> LANÇADA A V3 DO OPTION FILE DO VINNYEXTREME PARA PES 2018 PS4!!!!!!!!!!!!!!!!<<<<<

Option File / Patch – Equipe VinnyXtreme (Versão 3) LANÇADO!!!Adquira o…

Publicado por Vinny Xtreme PatchMaker em Sexta, 24 de novembro de 2017

COMPRE SEUS JOGOS EM MÍDIA DIGITAL COM O RAUL!!!!!!!!!!

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!

DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!

NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!

Tags : brasileirãocampeonato brasileiroDestaqueLiga MasterMaster Leaguepes 2018Pro Evolution Soccerpro evolution soccer 2018we 2018Winning Elevenwinning eleven 2018
Edu Suliano

The author Edu Suliano