close

Olá, brothers, tudo de boa? Então vamos a mais uma matéria sobre PES 2019!

Antes de entrarmos no assunto principal da matéria, vamos dar uma pincelada no que rolou no Twitter nos últimos dias. Lembrando que é lá que tudo acontece em tempo real. Se você é fã de verdade de PES, precisa ter uma conta e nos seguir em @webrothersteam. Não deem bobeira!

Felipe Mestre no Coringão!

E a semana foi movimentada pro nosso amigo vice-campeão mundial de PES 2019, Felipe Mestre. Começou com ele assinando com a eLiga Sul, liga oficial de eSports do Ronaldinho Gaúcho.

Mas a cereja do bolo veio no dia seguinte. Há algum tempo, Felipe Mestre e Corinthians estão negociando; o atual vice-campeão mundial de Pro Evolution Soccer é desejo antigo do clube paulistano.

Felipe é paulista, tem 26 anos e coleciona títulos regionais, nacionais e  internacionais. Corinthians e Felipe Mestre começaram as negociações no início deste ano, quando ele começou a se destacar nas competições internacionais de Pro Evolution Soccer.

O jogador é representado por Renato de Sá, mesmo agente de outros ciberatletas conhecidos como Guilherme “GuiFera”, do Santos e ex-campeão mundial, e Henrykinho, da Ferroviária e atual campeão do e-Brasileirão. Sá também é empresário do meio-campo Ederson, ex-Flamengo e hoje sem time.

Felipe, torço muito por você, pois você é um amigo especial, um cara do bem (assim como seu pai) e um grande jogador de PES. Seu campeonato mundial está chegando, torço para que o seu sucesso só aumente, pra você poder financiar seu tratamento de calvície no exterior, pois a coisa tá feia pro seu lado, hahahahaha.

Fonte: eSporTV

 

Lygaardão da Massa põe lenha na fogueira dos estádios portugueses

Brothers, na última matéria apontamos fortes indícios de que Benfica e Porto terão seus estádios em PES 2019, dado que eles aparecem em diversas artes do myClub. E parece que isso tem tudo pra se concretizar.

Em cima da postagem que fiz, o Diretor de PES na Europa Jonas Lygaard (mais conhecido como Lygaardão da Massa), deu uma curtida e comentou mostrando, novamente, o seu famoso par de tênis branco e azul… Ou seja, o Porto!

Além disso, em outras postagens ele colocou fotos destacando a cor vermelha, ou seja, Benfica! Assim, brothers, eu apostaria grande parte das minhas fichas de que teremos esses dois estádios no PES 2019

 

PES 2019 e FIFA 19 e o esgotamento do modelo de jogo anual

Brothers, lendo as notícias divulgadas nas redes sociais, cada vez mais chego à conclusão de que o modelo de lançamento anual de jogos está chegando ao fim, principalmente nos jogos de futebol. Entretanto, esse esgotamento pode ser visto em toda a indústria de videogames, não sendo exclusividade das franquias de esportes, vide a queda brusca de qualidade dos jogos da franquia Assassins Creed e outros igualmente famosos.

Essa obrigatoriedade do lançamento anual de um jogo é um típico caso de quantidade x qualidade. Vejam o caso de GTA V, que foi um jogo produzido com cuidado, capricho, num tempo maior, e que é o jogo mais vendido pelo mundo inteiro até hoje. E o jogo é um produto contínuo, recebe atualizações semanais.

No caso do PES, essa anualidade obrigatória é ainda mais cruel, pois o jogo passou por uma fase negra na geração PS3/X360, e está se reerguendo na geração atual, apesar de todos os empecilhos causados pela reestruturação da Konami há alguns anos atrás.

Para quem não se lembra, a Konami resolveu quase que cortar o desenvolvimento de jogos AAA para consoles, passando a focar em jogos mobile e caça-niqueis de alta rentabilidade. E porque PES não morreu, a franquia não acabou? Por causa do myClub!

A Konami não via motivos para manter jogos AAA como PES, que apesar de venderem muito bem, tinham altos gastos de produção. Assim, cortou drasticamente o orçamento de produção e a PESteam teve que ser reinventada dentro dessa nova realidade.

Mas só isso não bastava, PES tinha que ter não só suas vendas, mas sua taxa de lucro aumentada com veemência. E é aí que entra o tão amado e odiado myClub. O cenário era uma PESteam pequena e com poucos recursos e o jogo tendo que ser lançados anualmente, às pressas; tudo isso tendo como pano de fundo a Konami querendo apenas um motivo para acabar com a franquia PES.

Apesar dos fatores acima ao serem colocados lado a lado nos mostrarem um potencial enorme para o fracasso, graças a alguns guerreiros da PESteam o jogo sobreviveu. Apesar de todos os problemas, reclamações das comunidades e das pressões vindas do Japão, as vendas da franquia só aumentam ano a ano.

Ok, agora temos mais tranquilidade, PES saiu do fundo do poço com o myClub e os japas não querem mais acabar com a franquia; essa foi uma etapa importante a ser concluída. Agora chega um novo desafio: melhorar o produto como um todo, da-lhe um acabamento melhor, atualizar os modos de jogo offline, não apenas o myClub, e deixar o produto mais completo.

Sim, esse é um grande desafio, ainda mais se pensando que o jogo tem que ser lançado anualmente e, por isso, as novidades não podem ser colocadas de uma só vez numa única versão, seja pela falta de tempo, seja para deixar novidades para as versões futuras. E isso é uma bosta.

Digo uma bosta pois, quase que a totalidade das reclamações da comunidade PESista se dão por problemas causados por esse modelo que descrevi nos parágrafos anteriores. A equipe de produção tem dois lados para agradar:

  1. Os fãs da franquia, que são apaixonados e querem um produto melhorado e mais imersivo, melhor produzido;
  2. Os japoneses que querem maior lucro com venda de jogos e, principalmente, com a venda de myClub Coins (e assim não ameaçam mais acabar com a franquia).

Assim, a todo instante, a cada decisão tomada, os membros da PESteam tem que lidar com o desejo dos fãs, a anualidade do jogo e com a sede de lucro dos japoneses. Assim, falar que a Konami deve parar de focar no myClub e se dedicar aos modos offline, é o mesmo que decretar a morte da franquia. O sucesso do PES e a melhoria dos outros modos de jogo passam, essencialmente, pelo sucesso do myClub.

E não é só o PES que sofre com isso, FIFA 19 chegou como uma verdadeira bomba nas lojas de games, pois o jogo é “o pior da história”, como muitos fãs vem dizendo. Basicamente, é o FIFA 18 piorado com a logo da Champions League, e isso vem causando muito barulho na comunidade Fifeira.

Para comprovar isso, diversos números vem mostrando que FIFA 19 está vendendo até 40% a menos que o seu antecessor. Até no Reino Unido, principal curral da EA, os dados indicam que, apesar de ocupar o primeiro lugar do ranking de vendas em setembro, houve uma queda brusca se compararmos com o lançamento de FIFA 18. O novo jogo vendeu cerca de 25% a menos que seu antecessor.

Segundo os números não oficiais da Game Industry, a edição 19 vendeu 623 mil unidades, enquanto que a 18 vendeu, aproximadamente, 820 mil. Dos valores atuais, cerca de 400 mil unidades representam as versões do PS4; 218 mil referentes ao do Xbox One e 6 mil ao Nintendo Switch.

#1 FIFA 19

#2 Spider-Man PS4

#3 Shadow of the Tomb Raider

#4 Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

#5 NBA 2K19

#6 GTA5

#7 F1 2018

#8 Mario Kart 8 Deluxe

#9 Pro Evolution Soccer 19

#10 PUBG

Assim, se a EA já estava planejando tornar FIFA um produto contínuo, com assinatura mensal, um possível fracasso de FIFA 19 seria algo que poderia adiantar esse processo de transformação. E porque isso é importante? Porque FIFA é líder de mercado e, mudando esse paradigma de lançamento de seu produto, PES e Konami teriam que seguir pelo mesmo caminho, inevitavelmente.

Assim, para que tenhamos o PES que queremos, melhor produzido, com menos bugs, modo edição mais robusto, modos de jogo offline reformulados e etc, precisamos torcer para que a indústria mude e, para isso, o “fracasso relativo” de FIFA 19 passa a ser o que ditará a velocidade dessa transformação.

Konami e EA tem que se adiantar nesse assunto, pois antes só os fãs de PES protestavam e deixavam de comprar o jogo… Mas, agora, os fãs de Fifa também estão abrindo o olho.

Fonte: torcedores.com

 

Perfil do dia

E o perfil que vou indicar hoje é de um cara gente boa, com DNA Webrothers e, principalmente, apaixonado por PES: PES Lovers!

O cara é um fã incondicional de Pro Evolution Soccer, posta notícias em tempo real no Twitter e ainda é gente boa demais. É só clicar na imagem acima e seguir o cara!

Comentem bastante, concordando ou discordando, apenas mantendo a educação, ok?

Um abraço e não esqueçam,  PES é #OPoderDoFutebol !

Ahhh, e não se esqueçam de nos seguir no Twitter @WebrothersTeam!!!!!!!!!!! Estamos lá o dia inteiro e damos as notícias em tempo real!!!!!!!!!!!

OBS: conheça toda a nossa equipe clicando aqui.

Se você quiser compartilhar informações conosco, basta enviar um e-mail para [email protected], ok?

>>>> Saiuuuuu a v1 do of do Vinny para PES 2019 PS4!!!!!!!!!!!!!!!!<<<<<

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!

DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!

NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!

Tags : DestaqueFelipe Mestrefifa 19Jonas LygaardKonamipes 2019Pro Evolution Soccerpro evolution soccer 2019
Edu Suliano

The author Edu Suliano