Como está o PES 2019 apenas sete meses após o seu lançamento?

myClub sem fôlego?

Uma das coisas mais sintomáticas de que o PES 2019 está num marasmo é o myClub. Passados apenas sete meses, a Konami nos presenteia com uma campanha sem alma e constantemente repetida, “National Stars”. Sem contar que não temos atualização ao vivo, Featured Players nem Club Selection nessa semana.
Para piorar, nesta semana é o aniversário de 50 anos da Konami e, como comemoração, serão dadas 50 coins diariamente do dia 21 a 27/03. Muito pouco para tamanha comemoração… Tá, pode não ser tão pouco assim, mas é pouco criativo, no mínimo.

No PES 2019, tenho que admitir que houveram melhorias no mercado de transferências do myClub. Uma coisa boa é que, nesse ano, quem não tinha tempo para jogar e farmar GPs pode gastar moedas e montar um bom time (acho justo). Entretanto, isso foi feito de maneira desbalanceada e, a esta altura, todos os jogadores do myClub tem super times!
Esses fatores nos fazem perder o tesão de jogar o myClub mas, além deles, existe um que é o mais decisivo: a falta de objetivos mais palpáveis para os players. Queremos jogar o myClub com objetivos que não sejam só ficar no topo do ranking, o modo precisa de motivações menos ambiciosas! Objetivos para o nosso time com recompensas úteis, não quero ficar batendo de frente com pro playes o tempo inteiro! A volta do modo Comunidade dentro do myClub, para podermos organizar campeonatos com os nossos amigos, seria algo que faria o myClub bombar!
O myClub parece aquele jogo limitado, que só nos deixa andar em cima do trilho… E isso não cola nos dias de hoje. A Konami precisa nos dar mais liberdade dentro do jogo, não adianta um a pessoa tomar as decisões e por suas convicções, sem escutar o que os fãs realmente querem.
No dia que a Konami descobrir que o myClub pode dar muito mais moedas do que dá hoje, todos verão o tempo que foi perdido. Precisamos de um melhor capitão dirigindo a nossa embarcação!


Legends no PES 2019

Uma coisa chata nesse PES 2019 é a “vulgarização” dos legends. “Mas Edu, o que é isso”? O tio vai explicar!

Ninguém tá nem ai pros Legends, porque tem jogador bugado do Featured Players ou do Club Selection que são muito melhores. Tem legend bola dourada! No PES 2019, as lendas só servem para nostalgia, a Konami equilibrou muito mal essa questão!
Os legends precisam ser jogadores que façam a diferença, além de serem disponibilizados na Master League via o retorno do PES Shop (se os japas cobrassem pelos legends na PES Shop iam ficar ainda mais ricos).


E o conteúdo?

Brothers, em termos de conteúdo, PES 2019 está muito bem, com 11 novas ligas e um total de 50 estádios, 31 licenciados e 19 fakes. Tudo muito bom tudo muito bem mas…. A Konami prometeu “ligas autênticas” e não as entregou.

Foram prometidos placares reais (scoreboards) e outras coisas personalizadas de cada liga, mas isso não se concretizou, infelizmente. Fica também uma menção honrosa ao tempo dinâmico, que também não é tão dinâmico assim.
Entretanto, apesar desses dois dois problemas, PES 2019 foi muito bem no quesito conteúdo, muitas novas licenças chegaram na franquia (tirando a exclusividade da liga russa, mal aproveitada e que veio sem nenhum estádio ou identidade visual de scoreboard). Pena que os modos de jogo offline, como o BAL e Master League , não seguiram o ritmo das licenças, e continuam sendo tão negligenciados.


E a jogabilidade do PES 2019?

Brothers, não me arrependi, continuo achando o PES 2019 o melhor da franquia dentro das quatro linhas… Mas isso não quer dizer que não hajam problemas graves com o jogo. Para começar, o problema da troca de cursor é algo crônico, que parece enraizado no núcleo da programação, pois essa troca é péssima em toda a Fox Engine.
Outro problema igualmente grave e irritante é quando os jogadores viram estátuas: a bola passa na frente do seu jogador e ele congela, não se meche, e a bola fica à mercê do nosso adversário.

Não podemos nos esquecer do desbalanceamento entre defensores e atacantes: zagueiros grandes e lentos ganham de atacantes velozes na corrida. Além disso, a impossibilidade de se romper uma gaiola defensiva é algo imoral para o jogo, incompatível com o futebol real.
Ainda no quesito jogabilidade, os times controlados pela CPU não tem identidade, todos jogam igual, defendem igual e atacam igual, e isso é cansativo e desestimulante quando se joga uma Master League. Cadê o team ID, que era tão bom no PES 2015, 2016, 2017… Cadê?
E pra fechar esse assunto, PES 2019 vai ficar conhecido como o “PES do Handicap”; ele está indecente tanto no online quanto no offline, surreal!
Mas, mesmo assim, PES 2019 é, na minha opinião, o melhor da franquia dentro das 4 linhas, mesmo com todos os problemas. Não jogo tanto um PES desde o PES 2013 e, imaginem, se não tivesses todos os bugs que listamos!


Como tá o online?

Bem, eu tenho uma boa conexão com a internet, conexão essa dedicada ao PS4 e, assim, muito raramente eu enfrentava algum problema de conexão. Entretanto, depois dessa última data pack, tudo piorou: enfrento lag com frequência e, as partidas que caíam antes raramente, agora são frequentes. Foi só comigo?

Agora, ainda falando de online, uma coisa que a Konami não consegue coibir é a atuação dos derrubadores e trapaceiros nas partidas. Esses babacas estão por aí, derrubando partidas e vencendo as mesmas, impunemente. Ah, e acreditem: muitos deles estão lá em cima dos rankings, livres, leves e soltos. Infelizmente, no PES 2019 nada mudou nesse sentido.


Conclusão…

PES 2019 é um bom jogo, inegável, mas a Konami peca sempre em detalhes que acabam por tirar o brilho do que poderia ter sido o melhor jogo de futebol de todos os tempos. Se a troca de cursor fosse 100%, o handicap não fosse tão descarado e os derrubadores fosse caçados, PES 2019 estaria num lugar muito melhor do que está hoje.
Na minha opinião, a Konami se acomodou no dinheiro fácil das coins do myClub, e negligenciou os demais modos de jogo, deixando-os à beira do abandono. No dia que essa “bolha” das microtransações estourar e as mesmas forem proibidas (como já ocorreu na Bélgica e acontecerá em outros países da Europa), restará um PES capado e sem alma.

Mas não deixaremos isso acontecer, e tem muita gente dentro da Konami que também não vai deixar, como o Bronzoni e o Lygaard.
Mas é uma pena ver que, depois de 7 meses do PES 2019, já estejamos esperando o PES 2020.
Comentem bastante, pois é a interação de vocês que nos motiva a escrever! Podem concordar ou discordar, só mantenham o respeito.
Um abraço e não esqueçam,  PES é #OPoderDoFutebol !
Ahhh, e não se esqueçam de nos seguir no Twitter @WebrothersTeam!!!!!!!!!!! Estamos lá o dia inteiro e damos as notícias em tempo real!!!!!!!!!!!
OBS: conheça toda a nossa equipe clicando aqui.
Se você quiser compartilhar informações conosco, basta enviar um e-mail para we-brothers@we-brothers.net, ok?

>>>> Saiuuuuu A V6 Do Of Do Vinny Para PES 2019 PS4, Compatível Com A DLC 4.0!!!!!!!!!!!!!!!! Só Clicar Na Imagem Abaixo E Conferir!<<<<<

MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS!
DENUNCIE DERRUBADORES CLICANDO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!
NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO!]]>