A volta da diversão é o grande mérito do PES 2015

      72 comentários em A volta da diversão é o grande mérito do PES 2015

Com o jogo no caminho certo no quesito jogabilidade, a Konami precisa trabalhar mais em 2 quesitos: conteúdo e acabamento. Com a “volta aos trilhos” em PES 2015, o PES Team tem, agora, tempo para melhorar o jogo em si; o ponto que os fãs mais apontam são as licenças. Para começar, uma coisa que influencia diretamente no grau de diversão do jogo é a escassez de estádios. A ambientação é super importante num jogo de futebol e, o ponto mais importante desse quesito. são os estádios. Não há dificuldade técnica em adicionar mais arenas ao jogo, pois conheço editores de 16 anos com QI bastante baixo que conseguem criar modelos de estádios (ou pelo menos pegar das edições anteriores do PES). A questão toda é financeira e jurídica: financeira porque, com a capitalização cada vez maior que vem ocorrendo no futebol, a quantia de dinheiro exigida é cada vez maior (jogadores, clubes, empresários, advogados querem, cada um, a sua fatia). Outra dificuldade é jurídica, pois, muitas vezes, a burocracia para licenciar essas arenas é enorme, dado que muitas vezes é confuso saber quem tem o direito de tal estádio ou não. Assim, brothers, temos 3 soluções possíveis para a escassez de estádios:

  1. Licenciar estádios mais baratos, de clubes de menor expressão: licencia o Moisés Lucarelli, Moça Bonita, Estádio da Cidadania, Independência… essa é a solução mais prática, na minha opinião;
  2. Outra solução, que é uma consequência, é o aumento do orçamento do PES Team, que ocorerrá com a resposta positiva das vendas do Pro Evolution Soccer 2015. Quanto mais dinheiro a Konami injetar no Winning Eleven, mais licenças teremos. Por isso eu critico os caras que baixam o piratão do jogo. Conheço muita gente do mundo do PES que tem condições de comprar o jogo e baixa o pirata, principalmente editores de faces, uniformes e estádios. Muita gente que se diz apaixonada por WE mas não deixa de sair um fim de semana pro cinema, balada, tomar cerveja, e não tem a capacidade de ficar em casa 1 semana e juntar dinheiro pro jogo. QUEM AMA A FRANQUIA E BAIXA JOGO PIRATA ESTÁ ERRADO, E SEM MIMIMI PORQUE É A VERDADE! DIZER QUE NÃO TEM 100 REAIS PRA COMPRAR O JOGO, QUE É POBREZINHO, QUE NÃO TRABALHA É MENTIRA! QUEM TEM UM PC, XBOX OU PLAYSTATION, SEJA QUEM FOR, TEM COMO ARRANJAR 100 REAIS POR ANO E COMPRAR O JOGO. MAIS UMA VEZ, SEM MIMIMI.
  3. A terceira solução é a volta do editor de estádios, que é a mais difícil na minha opinião. O editor foi removido por questões jurídicas, já que foi alegado (pela EA, provavelmente) que o editor violava direitos autorais. Assim, muito dificilmente, veremos um editor de estádios de verdade, que crie estádios!
Bem, essa é a minha opinião sobre os estádios. Qual a de vocês? Comentem bastante! Outro ponto que precisa ser melhorado (e que melhorará o “realismo do jogo”) é relativo ao conteúdo. Uma das minhas maiores frustrações no PES 2015 é o fato do Live Update não interferir na Master League! Isso me broxou, me desanimou pacas (principalmente pela Konami ter feito um grande alarde sobre o Live Update antes do lançamento do PES 2015). Calendários reais na ML também seriam interessantes, dentre outros elementos que poderiam aumentar a imersão no jogo. Deixem nos comentários outras coisas relativas ao “conteúdo” que vocês querem em PES 2015. Voltando à diversão, PES 2015 teve alguns elementos que colaboraram com isso. A jogabilidade funciona em todos os sentidos:
  1. No online, com exceção dos atrasos de comandos em algumas partidas e dos derrubadores, ela funciona, deixa a partida emocionante. A nova dinâmica de chutes, dribles e close control contribuem muito pra isso;
  2. A Master League está bem balanceada, apesar da falta de conteúdo imersivo. Você demora pra engrenar um time no início da temporada, a dinâmica do Team Spirit influencia o entrosamento da equipe, e etc.
  3. No jogo contra amigos (jogo presencial ou amistoso online) nós podemos ver o esplendor do PES 2015: gritaria, emoção, vontade de ter uma revanche… sensacional!
O que eu quero dizer é que, apesar dos problemas existentes, a Konami nos entregou um jogo divertido. Em fevereiro de 2014 ninguém mais jogava PES 2014, diversos editores de patches se aposentaram… e adivinhem: editores antigos de WE, que não editavam há anos, retornaram (como é o caso do Juce, criador do Kitserver). Então, brothers, divirtam-se! Essa é a proposta do PES 2015, que sempre foi a proposta do Winning Eleven! Vejam, no vídeo abaixo, porque a diversão e a emoção voltaram no PES 2015! [youtube id=”ga81HzPDmCU” width=”600″ height=”350″] #OCampoÉNosso     MOSTRE A WEBROTHERS PARA OS SEUS AMIGOS! NÃO LEIA APENAS, COMENTE A POSTAGEM. O SEU COMENTÁRIO É A NOSSA MOTIVAÇÃO! RESOLVA SEUS PROBLEMAS DE CONEXÃO NO PES 2015 CLICANDO AQUI Webrothers Site – http://www.we-brothers.net/ Webrothers Forum – http://www.we-brothers.net/forum Webrothers Twitter – https://twitter.com/webrothersteam Webrothers Facebook – https://www.facebook.com/webrothersteam Webrothers Google+ – https://plus.google.com/u/0/+WebrothersNettea    ]]>